Monitoramento de Pronta Resposta


 

Monitoramento de Pronta Resposta – MPR 

O Monitoramento de Pronta Resposta – MPR objetiva entender de forma imediata os impactos de eventos extremos sobre a superfície terrestre e basear decisões ao nível gerencial a partir de dados confiáveis e quase em tempo real sobre a extensão e profundidade desses impactos. Com isso, torna-se possível adquirir um aumento significativo da velocidade de reação das equipes de campo e assertividade nas respostas do socorro às vítimas.

Para dar efetividade a este monitoramento, torna-se indispensável que a constelação de satélites tenha alta capacidade de aquisição de imagens. Para isso, a TecTerra desenvolveu uma metodologia baseada em imagens de Radar/SAR (Radar de Abertura Sintética) da constelação ICEYE. As imagens ICEYE podem ser adquiridas mesmo com chuva, nuvens, névoas ou à noite. Após a sua aquisição, as imagens são disponibilizadas para o sistema em até 3 horas, realizando o monitoramento do evento em tempo quase real (Monitoramento de Pronta Resposta – MPR). Com a aplicação de algoritmos altamente especializados em detecção de mudanças e processamento de imagens, a TecTerra realiza a entrega analítica dos impactos causados pelas chuvas, ciclones, queimadas e outros eventos extremos de desastres naturais de forma rápida, a tempo de dar mais velocidade às respostas aos socorros.

As imagens de radar (SAR) ICEYE, para o atendimento ao MPR, possui as seguintes características:
  • Capacidade de imageamento em até 3 vezes por dia
  • capacidade de analisar um alvo em tomada de até 25 segundos (modo dwell) para identificar a velocidade e direção de mudanças e objetos em movimento
  • Técnica “Tip and Cue” – capacidade de aquisição de imagens nos modos scansar, strip, spot e dwell
Técnica Tip and Cue

A técnica “Tip and Cue” trata-se de uma estratégia avançada e eficiente de monitoramento que usa sensores complementares para melhorar e otimizar o acompanhamento de objetos ou áreas de interesse. O processo consiste em usar um sensor de baixa resolução, mas com um amplo campo de visão, para coletar dados básicos (tip) sobre uma região. Esses dados são analisados e enviados para outro sensor de alta resolução, que pode focar em uma área ou objeto específico para obter mais detalhes (cue). Essa estratégia permite obter informações em diferentes resoluções, tempos e características espectrais, de forma eficiente e econômica. A técnica “Tip and Cue” é particularmente útil para aumentar a conscientização situacional no monitoramento em grandes extensões e também de objetos em movimento.

A ICEYE oferece para o MPR uma extensa gama de modos de coleta disponíveis, que abrangem desde o modo Scan com resolução de 15m até os modos Strip com 3m, SPOT e DWELL com resoluções de 1m e 0,5m, o que irá possibilitar a aplicação eficiente da técnica “Tip and Cue”. Essa abordagem permite uma transição fluida de imagens de baixa resolução e ampla cobertura para áreas específicas com detalhes mais refinados, especialmente úteis para projetos de monitoramento de eventos meteorológicos extremos, tais como enchentes e deslizamentos de terras.

Com essas características permitir-se-á que se viabilize análises imediatamente antes, durante e depois de eventos climáticos extremos ou ameaças de invasões e outras movimentações e mudanças em curtos períodos de tempo.

Para a dinâmica do processo de MPR, a TecTerra possui um painel de acionamento de imagens, para controlar as aquisições e escolher a melhor estratégia para a realização do imageamento do alvo a ser monitorado. Este painel está interligado ao sistema de encomenda de imagens da ICEYE e apresenta toda a agenda de aquisições e o histórico de imagens.

Entre em contato conosco através dos telefone (31) 2531-6665 e (31) 9 9720-2614 (WhatsApp) ou envie um e-mail para contato@tecterra.com.br para estudarmos a melhor solução para o seu projeto.

×