Geoprocessamento


O Geoprocessamento permite a aquisição, visualização, tratamento e análise da informação geográfica em ambiente computacional. Tais métodos contemplam de maneira integrada mapas, cartas, plantas, imagens de satélite e informações passíveis de serem representadas no espaço geográfico. As escalas de trabalho são variadas sendo possível estudos em lotes e em até grandes regiões.

A TecTerra nos projetos de Geoprocessamento pode utilizar como fonte de dados as imagens de satélite de diversos sensores, aerofotogrametria e os produtos e soluções AW3D que compõe uma série de soluções automatizadas de geração de bases de dados geoespaciais.

Algumas das aplicações do Geoprocessamento e Geotecnologias são na:

 

Entre em contato conosco através do telefone (31) 3071-7080 ou envie um email para contato@tecterra.com.br para estudarmos a melhor solução para o seu projeto

Veja algumas notícias de aplicações de Geoprocessamento em nosso blog

 

 

  • TecTerra se torna revenda das soluções Hexagon Geospatial

    A TecTerra assinou no início do mês de julho de 2020 um contrato com a Hexagon Geospatial para a distribuição de soluções geoespaciais. Para isso, a TecTerra apresenta o portfólio da Hexagon Geospatial, destacando-se os softwares GeoMedia e Erdas e a plataforma de desenvolvimento M.App. Veja a notícia completa em nosso blog.

 

  • TecTerra organiza Seminário no CREA-MG e o disponibiliza de maneira gratuita e on-line

Seminário de Novas Tecnologias em Topografia por Satélite/AW3D e Radar/SAR para Barragens e Áreas de Risco foi organizado pela TecTerra, em parceria com a RESTEC (Remote Sensing Technology Center of Japan) e ocorreu em novembro de 2019 na sede do CREA-MG. O conteúdo foi apresentado por representantes da TecTerra, RESTEC, Defesa Civil, empresas do ramo, profissionais e professores universitários.

Nele você aprenderá mais sobre:

  • Particularidades das barragens
  • Áreas de risco
  • Estudos de caso e aplicações
  • Novas tecnologias de Sensoriamento Remoto e Geotecnologias

Faça sua inscrição gratuita:
https://cursos.geoeduc.com/curso/palestra-tecterra/

 

  • Geotecnologias ajudam coletores de castanha a traçar rotas na Floresta Amazônica

As Geotecnologias auxiliam a coleta da castanha-do-brasil (castanha-do-pará, castanha-da-amazônia) com o objetivo de conseguir melhor percurso pela mata e assim economizar tempo e esforço dos coletores. Veja a notícia completa em nosso blog.

 

  • CPRM identifica áreas de risco na região Norte do país

Pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) mapearam áreas de risco para inundações, erosões fluviais e deslizamentos de terra nos estados do Pará, Rondônia e Amazonas. Ao todo eles identificaram 6 mil moradias, em 126 áreas de risco. Estima-se que 24 mil pessoas residem nessas áreas. Veja a notícia completa em nosso blog.

 

RECEBA NOTÍCIAS POR E-MAIL

Free WordPress Themes, Free Android Games